Nota do Editor

5
História
10
Animação

Quinta-feira (01) foi exibido o episódio número 40 de Pokémon Xy&Z, que foi uma sequencia direta dos acontecimentos do episódio anterior, marcando o prelúdio do climax do arco da Team Flare. E de praxe, temos uma nova Review e analise com estes comentários maravilhosos (ebaaaaa).

[SPOILER ALERT]

Ressaltando que esta postagem inteira é um grande Spoiler do episódio em questão, portanto aconselho a assistir o episódio primeiro e depois ler. (ou faz o que quiser mesmo…)

 

Iniciando com o narrador falando um resumo da ultima Review da PokéPlanet, nosso Zygarde vermelho (da paixão) está fazendo treta em Lumiose, ainda por estar sendo controlado pela Team Flare e o divo do Lysandre, e para levar tiro porrada e bomba, Puni-chan (também conhecido como Geleca) transforma-se para a sua forma de 50% e deixa todos os inocentes dos nossos protagonistas chocados, e estranhamente escutamos o som do Zygarde 50% que aparentemente foi dublado por um dueto de Dialga e Palkia.

review 1

Após uma introdução extremamente detalhada de nosso narrador, Lysandre fala a “Filosofia” da Team Flare (denovo…) e diz que o outro Zygarde também ficará vermelho (por que ta na moda só pode…), que deixa ash com raivinha e como ainda não sabe de nada fica perguntando pro Alan o que está acontecendo (como se ele soubesse…).

Enquanto Jessie continua reportando (melhor que a globo) o que está acontecendo, Puni-chan começa a treta de lendários. Bryony e Aliana ainda impedindo o grupo de Clemont e cia, percebem estar em desvantagem contra 2 megas já que o professor Sicômoro chegou (depois de 1 semana) com seu mega Garchomp. Enquanto Clemont e cia fazem combinações de golpes consecutivos (dignas dos Power Rangers) contra as cientistas, Serena decide ir para o Laboratório do Lysandre junto com Manon e Sicômoro.

review 2

Nesse meio tempo Lysandre revela que para controlar Zyguarde ele usou a energia de mega evolução que deixa Alan (o apelão) em estado de choque, e Ash percebe o motivo do Alan em batalhar. Enquanto a equipe Rocket leva Serena, Manon e o Sicômoro para a base da Team Flare de helicóptero, neste momento as suspeitas do último episódio se concretizaram, pois enquanto Bonnie vê Puni-chan batalhando e voando (o que foi meio estranho) ela demonstra que sabe o que ele está sentindo e comenta “Faça com que ele Compreenda…”, ou seja, o laço dela com o Puni-chan chegou ao ponto dela “entende-lo”.

E no meio da cidade Diantha que está ajudando na evacuação aceita ajuda de Trova e cia, demonstrando que ela não terá uma participação muito relevante na trama pelo menos até o clímax.

review 3

E finalmente Lysandre conta o motivo de ter raptado Ash, ja que ficou impressionado com a força do laço dele com greninja ao ponto de não precisarem de uma mega pedra, e então tenta usar o raio  de energia de mega evolução, para tentar controlar Ash e Greninja, entretanto aparentemente deu o poder do protagonismo para Ash (que até hoje ele não tinha exeto em filmes então é o raio protagonizador), e ao cair Alan o segura (como raios ele conseguiu chegar lá?). Nesse momento Lysandre coloca seu equipamento que vemos nos jogos e levita no ar, depois pousa (divamente) no andar em que Ash e Alan estão.

review 4review 5

Bonnie que estava chegando próximo ao local que os zygardes estão lutando, sente rapidamente que algo virá da Torre Prisma, nesse momento Xerosic atira o raio de energia de mega evolução em puni-chan, que causa uma reação nas raízes que estão próximas a Bonnie e momentos antes de ser atingida é salva por Mega Blaziken, e começa a sentir a dor de Puni-chan provando a sua forte ligação com Zygarde, e então Puni-chan se torna vermelho (mostrando que o raio boticalizador fez efeito).

O helicóptero da equipe Rocket começa a se aproximar da base da Team Flare, enquanto Clemont se infiltra na Torre Prisma, e Ash com seus 6 pokémons e Alan com seu mega Charizard (por que soltar os outros 5 era apelação demais), batalham contra Lysandre e seu mega Gyarados e Pyroar, e nos momentos finais do episódio Pyroar é derrotado.

review 6


ANÁLISE

Apesar de estarmos chegando ao clímax o episódio em si, foi uma enorme enrolação para servir como um preludio para o próximo episódio, pondo cenas desnecessárias para consumir tempo, como quando Diantha encontra Tierno, Trova, Sawyer e Shauna e ela aceita ajuda deles, eles vão confirmando em ordem, e quando o raio de mega evolução atinge Ash os pokémons dele revesam no “grito” como se tivessem ensaiado, que serviu justamente para consumir tempo do episódio sendo que esse tempo, poderia focar na batalha dos Zygardes que quase não apareceu.

Malva não apareceu no episódio e a Diantha teve apenas uma cena, todo o episódio poderia facilmente se passar em 5 minutos se tirassem todas as cenas desnecessárias, como também os motivos do Lysandre querer “resetar o mundo” alem de ser mostrado muito rápidamente, ainda é muito vago. O que talvez fosse compensar os motivos vagos nos jogos X e Y, mas não foi o caso, podemos dizer que a única coisa que salvou o episódio foram os 5 minutos de batalhas que estavam bem frenéticas e muito bem trabalhadas, mas todo o resto podemos dizer que foi um lindo e divo fiasco. E poderíamos dizer que “metade do episódio se resumiu aos únicos 3 minutos do Pyroar”

review fim

Dia 08 de setembro irá ao ar o episódio de número 41, que deve ser finalmente o Climax da saga da Team Flare e talvez seja um episódio completo, com pelo menos 60% útil para a história. Então até a próxima e enquanto esperamos o próximo episódio vamos pensar: “Como raios o Alan subiu isso tudo? Foi durante o intervalo?”