Primeiramente, gostaria de me desculpar com você pelo atraso na review dos últimos 4 episódios, infelizmente não é sempre que tudo ocorre no tempo que gostaríamos. De qualquer modo, o trabalho deve ser feito, então vamos a eles!

Se você ainda não conferiu os últimos 4 episódios, veja aqui!


Lembrando que isso é uma review, e o conteúdo contém a opinião do seu respectivo autor. Você não é obrigado a concordar comigo, então deixe suas opiniões nos comentários, sejam elas concordando ou não!


Episódio 5

No episódio 5 – The Legacy (O Legado) – tivemos mais um episódio no estilo do episódio 3, porém com menos ação ainda. Não há batalhas nesse episódio, o que é por um lado bem triste, mas há mais uma representação de um acontecimento quase inédito para nós jogadores (se você teve acesso ao evento do Celebi em HG/SS você deve ter notado que até as falas do episódio foram as mesmas do evento).

captura-de-tela-9

É sempre muito interessante ver essas coisas acontecerem no Generations. O encontro de Looker com Silver e sua história com Giovanni. Silver segue seu caminho e seus ideais de se tornar forte sozinho, o episódio flagra o momento em que ele vai desafiar a Liga Pokémon (mal sabe ele que o Ethan/Gold estará lá para atrapalhar sua vida novamente).

captura-de-tela-10

NA VOLTA O SENHOR FALOU QUE IA COMPRAR!

Apesar de que talvez esse episódio não agrade a maioria por ser parado, foi um episódio muito bom, tanto pelo lado da apresentação de Silver e sua história para quem não a conhecia ainda, quanto pelo lado fiel aos fatos, já que houve todo um cuidado em se manter o diálogo original mostrado no evento de Celebi. Felizmente foi retirada a parte em que você viaja no tempo e derrota Giovani (não faz sentido algum aquilo, mas tudo bem, ignoremos).


Episódio 6

Aqui tivemos mais um episódio parado. Assim como outros, ele nos trouxe um pouco de história do mundo Pokémon: mais especificamente, os 2 pássaros lendários, Lugia e Ho-Oh. Apesar de ter sido parado, foi um episódio muito bom, principalmente por confirmar a teoria de como surgiram as feras lendárias (sim, são FERAS lendárias, não CÃES, mas não há necessidade de se criar guerra por isso, chame do que lhe convir melhor)

captura-de-tela-11 captura-de-tela-14

O episódio, contudo, por mais que trate das 2 aves lendárias, foca-se no surgimento de Suicune, Entei e Raikou. Começa por mostrar Ecruteak no tempo em que a cidade possuía as 2 torres paras as 2 aves, bem como a adoração das pessoas por elas. Um dia contudo, uma das torres (a torre de Lugia), sofreu uma grande destruição, e 3 pokémons morreram dentro dela. Ho-Oh veio e os ressuscitou, porém eles foram rejeitados pela população local, que temia o poder deles (compreensível, ninguém confiaria na mesma hora).

captura-de-tela-15

Olha esse cara, não tem como não achar ele legal

O mais interessante, na minha opinião, foi a personalidade de Eusine. Nos jogos ele aparenta ser um maluco descontrolado que só sabe enxergar o Suicune, e que odeia você porque o seu amado Suicune prefere você a ele. Finalmente mostraram quem ele realmente é, por sinal, um cara com um ideal muito nobre. Não nego que depois desse episódio eu até simpatizo por ele. Também foi muito legal ver a Rainbow Wing aparecendo no final.


Episódio 7

Aqui tivemos ação sim, e muita ação. “Ah, mas eles não colocaram nada nos últimos 2, eles precisavam compensar né”. Por favor, pare de choro, você sabe que os episódios parados também foram muito bons. Aqui tivemos a equipe Magma se preparando para ir libertar Groudon. Esse episódio foi sensacional, e qual não foi minha felicidade quando eu descobri que o 8 conseguiu ser ainda melhor.

captura-de-tela-27

A gnt vai entrar com estilo mlk / Podes crer

captura-de-tela-32

Tivemos mais uma rápida aparição de um personagem famoso: Brendan/Ruby (escolha o que preferir). Por sinal, ele tem possui um Sceptile que me lembrou um pouco o Dragonite de Lance. Derruba portas de aço, explode coisas, derrota pokémons com 1 golpe só… Dragonite do Lance e Sceptile do Brendan, ainda iremos formar um time de pokémons destruidores até o final do Generations (isso porque eu estou ignorando os pokémons que Blue/Green/Gary – é bom citar todos os nomes pra evitar a guerra entre os puristas – usou durante seu episódio). Fiquei muito contente de ver outro grande nome do mundo pokémon aparecendo, apesar de que ainda estão nos devendo a aparição de Ethan/Gold e Red (que só apareceu por alguns segundos).

captura-de-tela-16

Porta de Aço é resistente?

captura-de-tela-24

Engraçado ela ser resistente, essa já é a segunda que eu corto no meio…

captura-de-tela-19

Pobre Golbat…

captura-de-tela-23

Olha essa lâmina…

Apesar de toda a ação (e o Sceptile destruidor de Brendan), outra coisa que marcou no episódio foi a personalidade no mínimo perturbadora da administradora do Team Magma: Courtney. Quando você ouvir aquela voz fofa e macia no começo do episódio, vai ficar um pouco assustado quando vir a cara de psicopata que ela conseguirá fazer (sério, eu fiquei meio perplexo…).

captura-de-tela-20

Que fofa ela né

captura-de-tela-28

Err…

No mínimo, perturbador

O mais intrigante é ver a visão que Courtney tem do futuro encontro do seu líder com Groudon. Pokémon Generations está se mostrando um seriado muito mais adulto: e isso é fantástico. Personagens ganhando curvas, formas, personalidades reais. Só quem ganha com isso somos nós fãs, que teremos finalmente um conteúdo um pouco mais sério sobre a série que tanto amamos. Courtney visualiza o despertar de Groudon e seu poder assustador, inclusive uma rajada de poder que ele dispara diretamente contra o Team Magma. Morte em Pokémon??? Sim! Eu não sou sádico, mas fiquei muito feliz em ver isso. Generations finalmente está mostrando o mundo Pokémon como ele deve ser!

captura-de-tela-30

Olá crianças

captura-de-tela-31

Isso eram 2 ilhas antes de levarem 1 golpe só

Tente pensar, quem acorda um Pokémon lendário como Groudon, com poder de CRIAR CONTINENTES, secar grandes massas de água sem o menor esforço e simplesmente o controla como se não fosse nada?? Por si só já é um tanto quanto estranho pensar que nós conseguimos enfrentar isso e capturá-lo, mas pelo menos é compreensível que existam Pokémon que são muito poderosos e com uma vantagem de tipos e golpes consiga suportar os golpes e enfraquecer esse gigante. Enfim, excelente episódio.


Episódio 8

– Era ação que você queria fã chato? Toma aqui.

– Tá bom Pokémon Company, obrigado, agora eu tô feliz.

– Não, toma mais um pouco de ação.

– É, já tava bom, mas obrigado.

– Não, ainda tem mais, segura essa aí.

– Espera, eu não consigo segurar isso tudo não!

– Problema seu, pediu ação porque quis! TOMA. MAIS. AÇÃO.

– Não, eu não quero! Ei! Para de jogar ação em mim! Ei! Ei! SOCORRO!

MAAAAAAAAAAAIS AÇÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!!

AAAAAAAAHH!!!

 

Ok, desculpa por isso, mas vocês também às vezes são chatos demais com isso. Se ver pancadaria, destruição, sangue, explosões, tiroteio era o que você queria ver, só assistir um filme do Tarantino. O episódio 8 vem com MUITA ação pra você, e outra prova de que o Generations não veio para brincar.

Dessa vez o alvo foi o Team Aqua. Não tivemos a aparição de Brendan, o episódio foi exclusivo do Team Aqua… Ok, não foi do Team Aqua, foi do Kyogre. Ele destruiu nesse episódio – em todos os sentidos. Se você achava que ele não era de nada porque era só uma baleia azul que morava no fundo do oceano… Repense. Primal Kyogre mostrou quem é o rei dos mares, Lugia nem se atreveu a aparecer, provavelmente pensou melhor e resolver ficar pelas Whirl Islands mesmo. Isso porque eu nem comentei sobre o fato de que ele consegue VOAR.

captura-de-tela-44

Levitando de boas

captura-de-tela-40

Senti uma coceira aqui, será que foi um raio?

“Mas ali era o Primal Kyogre, não o Kyogre”. Bem, nos jogos você também não usaria o normal tendo a opção de usar o Primal né, então não julgue por esse lado. O episódio passado também mostrou o Primal Groudon, e eu não vi ele voando (ainda vou me arrepender de causar confusão assim). Outro fator interessante do episódio foi a recaída de consciência de Shelly, administradora do Team Aqua (aparentemente só as mulheres tem alguma consciência das besteiras no mundo Pokémon né, primeiro a Courtney, agora a Shelly…), que tenta desesperadamente parar Archie de despertar Kyogre.

captura-de-tela-33

Vamo dominar o mundo Kyogre!

captura-de-tela-34

Pelo amor, para de delirar Archie

captura-de-tela-45

Mano…. Deu ruim….

O final é absolutamente esplêndido, é simplesmente incrível ver mais um final adulto no Generations: esse um tanto quanto macabro, já que tudo indica que Kyogre possa ter engolido Archie e sua turma. Mas ainda assim, isso não tira toda a qualidade do episódio. Desde a recaída de Shelly, os traços mais adutos nos personagens, a ilusão de Archie da possibilidade de controlar Kyogre para criar seu mundo utópico, a expressão de Matt ao ver o mundo em completo caos… Fiquei triste pelo aparente final que Shelly levou, ela não merecia aquilo…

captura-de-tela-37

Parece que o Matt tinha razão… Deu ruim

Enfim, será que teremos Mega Rayquaza no episódio 9?? Teremos que aguardar!


Isso é tudo por enquanto, continue conferindo a PokéPlanet para mais novidades!

selo-entei-de-seguranca